quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

MEL DE ABELHA NA MERENDA ESCOLAR MUNICIPAL

Zé Arlindo"Goiabinha"e Algacir Abreu ( presidente da ATA )


As escolas do município de Monsenhor Tabosa, por intermédio da Associação Taboense dos Apicultores, recebem mensalmente mel de abelha em sachê de altíssima qualidade, para ser consumido por alunos como complemento da merenda escolar. Esse trabalho é resultado de uma parceria entre Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Associação dos Apicultores e a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação. Os apicultores vendem o produto para a Conab, através do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, que em seguida repassa para as escolas.

Natural e completo, o mel é riquíssimo em elementos nutritivos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o alimento tem mais de 70 substâncias essenciais ao organismo. Contém água, frutose, sacarose, glicose (carboidratos), potássio, ferro, sódio, enxofre, cobre, fósforo, zinco, selênio, cloro, cálcio, magnésio, vitaminas do complexo B, vitaminas A, E, C e alguns tipos de aminoácidos (proteínas).

De acordo com Algaci Abreu de Mesquita, presidente da ATA, recebem o produto as escolas estaduais, indígenas e 95% das escolas da rede municipal. Atualmente, o projeto beneficia 6.500 alunos, equivalente a 75% da classe estudantil do município. São fornecidos a cada mês, em média, 3.400kg de mel em sachê. Esta quantidade não é suficiente para atender toda a demanda, considerando que, em todo o município, existem cerca de oito mil alunos nas escolas públicas. Pensando em aumentar o fornecimento junto aos estabelecimentos educacionais, a associação dos apicultores já trabalha projetos objetivando elevar esses dados e potencializar o atendimento em 2011.

Mudança

Algaci esclarece que esse projeto teve início em 2006, beneficiando apenas os alunos da sede do município. Até pouco tempo, o mel chegava às escolas em embalagens plásticas de 7 kg e servido aos alunos em copos descartáveis. Esse método dificultava a ingestão do produto. Percebendo que não estava tendo alto índice de aproveitamento e aceitação, a associação fez a aquisição de uma sofisticada máquina envazadora de mel em sachê, mudando radicalmente a forma de entrega e consumo do mel nas escolas. Cada sachê contém 15 gramas do produto. Algaci explica que faz pessoalmente a entrega do mel, conversando com alunos, professores e diretores de escolas e, pelos relatos, afirma que, a partir dessa inovação, o índice de satisfação por parte dos alunos consumidores aumentou consideravelmente. Uma das vantagens do mel em sachê é que ele se torna fácil de ser utilizado apesar de possuir uma embalagem muito resistente, permitindo ao aluno deixar o sachê até mesmo no bolso, por tempo indeterminado, para consumir depois. “Caso não queira ingerir de imediato, pode até levar para casa.” - completa Algaci. O mel é produzido e envazado seguindo alto padrão de qualidade, mesmo assim antes de chegar às escolas passa por uma inspeção da Vigilância Sanitária.
A apicultura em Monsenhor Tabosa, tem se destacado muito nos últimos anos. O município já é um dos maiores produtores de mel da região, com uma produção de 49 toneladas, em 2009. A Associação conta com alguns parceiros importantes como Federação Cearense de Apicultura, Prefeitura Municipal, Sebrae, Banco do Nordeste e Conab. (Amaury Alencar, especial para O Estado)

Nenhum comentário: