sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

SOBRE MONSENHOR TABOSA

O município situa-se entre as coordenadas geográficas 04º47'22'' de latitude sul e 40º03'48'' de longitude oeste, com uma altitude média de 675,0 metros e uma área territorial absoluta de 886,30 quilômetros quadrados, representando 0,60% da área do Estado.
Limita-se ao norte com os municípios de Santa Quitéria e Catunda; a oeste com o município de Tamboril; ao sul com os municípios de Boa Viagem e Independência e a leste com o município de Boa Viagem.
De acordo com a última estimativa populacional do IBGE em 2007, a localidade contava com um contingente populacional de 16.557 com estimativas de 17.178 para o ano de 2009 e uma densidade populacional de 18,73 habitantes/km².
O principal acidente geográfico do município é a Serra das Matas, localizada no sertão central cearense, que possui uma área de aproximadamente 195,4 km² englobando, além da cidade de Monsenhor Tabosa, as localidades de Catunda, Tamboril, Santa Quitéria e Boa Viagem. É na cidade de Monsenhor Tabosa que esta localizado o pico mais alto do Estado do Ceará, o Pico da Serra Branca, com 1.156 metros, assim como o segundo maior pico do Estado, o Pico da Serra do olho D’Água, segundo o IBGE.
O relevo do município é caracterizado por maciços residuais e depressões sertanejas. Sua vegetação em baixas altitudes é a floresta caducifólia espinhosa (caatinga arbórea), ainda remanescente na maior parte do território, em especial nas porções centrais e sul. Nas maiores altitudes, a vegetação é de floresta subcaducifólia tropical pluvial (mata seca), característica da região norte da cidade. Seu solo, assim como encontrado com relativa freqüência no sertão cearense, é o bruno não cálcico, além de solos litólicos e podzólico vermelho-amarelo.
O abastecimento de água da cidade é feito através de uma barragem localizada na zona rural do município que represa o rio Quixeramobim. O reservatório utilizado tem capacidade para armazenar 12.100.000 metros cúbicos de água.
O clima predominante no município é o tropical quente semi-árido, com pluviometria média de 646,6 milímetros e temperatura média de 22º C a 24º C com chuvas concentradas nos meses de fevereiro a abril.
A área de saúde da cidade dispõe de um hospital, contendo 45 leitos, uma maternidade e quatro postos de saúde, integrantes do Sistema Único de Saúde. No entanto, em muitos casos, os moradores recorrem ao atendimento mais especializado oferecido no município de Sobral, um dos principais pólos do Estado do Ceará, o que reflete a precariedade desses serviços no município. Atualmente, o Programa de Saúde da Família (PSF) vem
31
alcançando dimensões mais expressivas, sendo o programa composto pelos mais diversos profissionais da área, dentre os quais: médicos, enfermeiros e odontólogos.
Na zona rural, foi possível observar a presença de infra-estrutura, como posto médico e escolas, sendo que apenas algumas funcionavam precariamente. A falta de manutenção em alguns prédios escolares da região reflete a situação de analfabetismo que atualmente é registrada na zona rural. Segundo relato de moradores locais, o programa de ensino para adultos tem tido poucos resultados, uma vez que as pessoas daquelas áreas pouco comparecem às aulas.
O município é cortado por três rodovias estaduais: CE-266, CE-467 e CE-265, sendo, esta última o principal acesso e também a única via pavimentada. Existem várias outras estradas locais carroçais que ligam a zona urbana à zona rural. O município conta ainda com uma pista de pouso localizada na periferia da cidade.
A base da economia do município é a agricultura de autoconsumo. As culturas agrícolas são exploradas em condições de sequeiro, sendo o feijão, milho e mamona os cultivos de maior expressão econômica. A pecuária segue como atividade de destaque, sendo esta caracterizada por sua forma extensiva e com baixos índices de produtividade. A palma é ainda utilizada principalmente, como reserva de alimento de animais nas épocas secas. O setor industrial é inexistente em Monsenhor Tabosa.
Conforme dados do Produto Interno Bruto dos Municípios de 2003-2007 do IBGE, a localidade dispõe de um PIB de R$ 42.738 mil sendo o mesmo “per capita” de R$ 2.581,00.
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município é de 0,628, sendo que os valores representativos dos três indicadores que o compõem são, para a localidade: 
1. Esperança de vida ao nascer (Idade média em que as pessoas morrem) - 0,715; 
2. Estoque de educação (Percentual de adultos alfabetizados e percentual de matrículas nos ensino elementar, médio e superior) – 0,708; 
3. Renda (Avaliada segundo a paridade do poder de compra) – 0,461;
Conforme o Índice de Exclusão Social – IES, 65,81% da população é excluída socialmente e, de acordo com as privações de cada indicador quem compõem o índice, tem-se: 
1. Percentagem da população que sobrevive em domicílios particulares que não têm acesso a água tratada – 71,60;32 
2. Percentagem da população que sobrevive em domicílios que não têm acesso ao esgotamento sanitário, ou ao menos uma fossa séptica para esconder os dejetos humanos – 99,31; 
3. Percentagem da população que sobrevive em domicílios que não têm acesso ao serviço de coleta sistemática de lixo doméstico, direta ou indiretamente – 56,26; 
4. Percentual da população maior de 10 anos que não é alfabetizada, ou tem menos de um ano de escolaridade, segundo definição do IBGE – 35,30; 
5. Percentual da população que sobrevive em domicílios particulares cuja renda diária por pessoa é menor ou igual a US$1,00 – 84,74;
 
FONTE: IPECE

Nenhum comentário: