segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ORGULHO TABOENSE 1 - DR JONAS MARINHO

DR JONAS MARINHO

Natural de Monsenhor Tabosa, Jonas Marinho se formou em Recife pela UFPe em 1956, especializou-se em otorrino pela Santa Casa de Fortaleza e fundou o IAMG em 1962, atuando em consultas e cirurgias.
Exercendo a Medicina como um sacerdócio, com ciência, otimismo e solidariedade com o próximo,  Jonas Marinho foi a inspiração de seus filhos e sobrinhos a exercerem a mesma carreira de médico em diversas especialidades.
Casado com a professora Maria Tereza, o casal participa ativamente de diversos trabalhos de libertação social e conscientização humana em várias comunidades carentes de Fortaleza e interior.


Médico condecorado com Honra ao Mérito pelo Conselho Regional de Medicina por sua conduta ética e humana e exemplo de médico.

Sobre dr Jonas Marinho, falou dr Helder Mesquita:



Jonas é o sexto filho do senhor Luis Valdivino e de dona Totonha, médico Otorrinolaringologista, formado em 1956 pela Faculdade de Medicina do Recife, com especialização no exterior, merecendo um destaque todo especial.
Médico de renome é proprietário do INTITUTO DE ASSASTÊNCIA MÉDICA GERAL–IAMG, Clínica, localizada na Rua Assunção, em Fortaleza, onde trabalha, com três filhos médicos.
Jonas casou-se com Maria Teresa dos Cavalcante de Pedra Branca, filha do senhor Francisco Cavalcante, irmã do ex deputado federal Álvaro Lins e do ex deputado estadual, Deusimar Cavalcante, de cuja união, nasceram os filhos: Marcelo. Médico, Ana Teresa, engenheira, Jonas Filho, médico, Judite. Médica, e Juliana.
Jonas iniciou seus estudos em sua terra, na escola da dona Lídia, indo depois para o seminário de Sobral um dos melhores estabelecimentos de ensino do Ceará, o qual, infelizmente, não era reconhecido pelo MEC. Ao deixar o Seminário, teve de repetir os anos que, lá, fizera e ao terminar o científico, teve que ir fazer o vestibular em Recife, pois, no Ceará, não havia Faculdade de Medicina.
Jonas foi o primeiro taboense a se formar em Medicina e quando de seu retorno, à sua cidade, os conterrâneos resolveram homenageá-lo, oferecendo-lhe uma festa no Muçambê Atlético Clube, na qual, ocorreu um imprevisto, pois, na hora em que se preparava para ir ao Clube, teve que viajar para ir fazer um parto no interior do município, de onde só, voltou na manhã seguinte, tendo sido feita a homenagem sem a presença do homenageado.
Jonas iniciou sua carreira profissional, em Monsenhor Tabosa, onde, por ser o único, era clínico geral, obstetra, cirurgião, enfim, fazia de tudo, como médico. De lá foi para Santa Quitéria, de onde, se mudou para Fortaleza, onde se estabeleceu.

 

















2 comentários:

gaethano disse...

Que linda homenagem, ele merece foi ele que me batizou mas ainda não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente.

Dra Judith Marinho- filha disse...

Dr Jonas marinho é pra mim um exemplo de pai, amigo e profissionaldedicado. Dos 5 filhos, 4 são médicos por apreciaream a maneira competente e carinhosa com que sempre vive até hoje a Medicina. Não se contentando em atender paciente scriou uma ONG que hoje tem mais de 200 crianças de rua .
Dra Judith marinho- filha