domingo, 3 de abril de 2011

MONSENHOR TABOSA VAI RECEBER OBRAS SOCIAIS




A construção de novos equipamentos sociais é essencial ao desenvolvimento humano, à saúde e à educação das pessoas. Sob essa premissa do Governo do Estado, o Secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Evandro Leitão, assina, junto ao Governador Cid Gomes, convênios com 20 novos municípios da terceira rodada do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares II). A solenidade acontece nesta segunda-feira, 28, a partir das 16h, no Auditório do Palácio da Abolição.

Serão construídos, nos novos municípios contemplados, 55 equipamentos sociais que representam um investimento da ordem de R$ 28,3 milhões. Os municípios beneficiados são: Acaraú, Alto Santo, Apuiarés, Campos Sales, Capistrano, Caridade, Cariús, Coreaú, Iguatu, Jardim, Jijoca de Jericoacoara, Martinópole, Massapê, Mauriti, Monsenhor Tabosa, Palmácia, Pedra Branca, Pires Ferreira, Santana do Acaraú e Sobral.

“O Proares tem o objetivo de melhorar serviços que devem ser prestados com qualidade a crianças, jovens e famílias em situação de vulnerabilidade social no interior do Estado. Esses benefícios chegam por meio de novos espaços de convivência social, cultural, esportiva e de lazer”, destaca o titular da STDS, Evandro Leitão.

Os recursos do Proares II totalizam US$ 64,2 milhões, financiados pelo Governo do Estado, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação do programa. Desse montante, US$ 45 milhões são oriundos do BID e outros US$ 19,2 milhões de contrapartida Estadual e Municipal.

Proares II

O Proares II financia a construção de Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), de Educação Infantil (CEIs), de Esporte, Ginásios Poliesportivos, Pólos de Convivência e Bibliotecas. Além disso, disponibiliza às unidades de ação social já existentes, equipamentos e material permanente. O programa promove, ainda, a qualificação dos técnicos prestadores de serviços nos novos equipamentos sociais.

Para escolha dos equipamentos sociais, a sociedade civil organizada, a comunidade local e representantes do poder público participam de oficina de Planejamento Participativo Municipal (PPM) e, conjuntamente, selecionam os equipamentos que serão destinados a cada município.
 FONTE: http://www.antonioviana.com.br/2009/site/ver_noticia.php?id=76209


VEJAMOS O QUE VAMOS RECEBER EM NOSSA CIDADE



"Monsenhor Tabosa será contemplado com 2  importantes obras através do PROARES II - Programa de Apoio às Reformas Sociais do Ceará. Um CRAS – Centro de Referência de Assistência Social no valor de R$: 342.192,22 e uma Quadra Polivalente (esportes), no valor de R$: 542.200,55. A escolha e a construção dos aparelhos sociais foram decididas no dia 05/10/2010 em oficina do Comitê Gestor do Programa no município juntamente com a comunidade.
 
Monsenhor Tabosa está entre os dez municípios que compõem o grupo I, e aderiu ao programa em 2010. O valor do PPM - Plano Participativo Municipal aos municípios desse grupo é de R$ 950.800,00 sendo a contrapartida da prefeitura de 20%,  equivalente à R$ 190.160,00.
 
O objetivo do PROARES é contribuir com a implantação de estratégias de desenvolvimento social do Estado, apoiando o processo de reformas sociais e melhorando as condições de vida de crianças, adolescentes, jovens de (0 a 24 anos) e suas famílias em situação de vulnerabilidade social.
 
Para a implementação e execução do Proares II, o Governo do Estado e prefeituras estão investindo US$ 65 milhões. Desse montante, US$ 45 milhões foram financiados junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e outros US$ 20 milhões são das contrapartidas dos tesouros Estadual e municipais. Os equipamentos beneficiam as comunidades como um todo que ganham novos espaços de convivência social, cultural, esportiva e de lazer.
 
Os equipamentos sociais construídos pelo Proares II, são escolhidos pela comunidade por ocasião da elaboração do Plano Participativos Municipal - PPM. A seleção dos Municípios se dá através do Índice de Vulnerabilidade Social – IVS, criado pelo Instituto de Pesquisa do Ceará (IPECE), onde os 184 Municípios cearenses foram rankeados a partir de sua vulnerabilidade. Com base neste índice o Governador do Estado, Cid Gomes, seleciona os Municípios mais vulneráveis para serem contemplados pelo Programa.
 
Após a discussão de idéias e acompanhamento criterioso de matrizes analíticas, foi decidido pela plenária que ambos os equipamentos sociais serão construídos no Bairro Carrapicho, na sede, por apresentar maior índice de vulnerabilidade e risco social, (drogas, prostituição, ociosidade, violência, omissão, etc.).  O CRAS e a quadra de esportes serão construídos de forma acoplados, ou seja (juntos) em terreno da prefeitura.
 
De acordo com a técnica do Proares, Dra. Nágila Costa Araújo, o projeto local segue para a fase de assinatura de convênios e licitação, em seguida órdem de serviço e início das obras. A previsão para entregar os equipamentos à comunidade é o final de 2011."
 
Dorismar Rodrigues

Nenhum comentário: