sexta-feira, 1 de abril de 2011

PRODUÇÃO DE MEL PODE SER RECORDE EM 2011

 
 
 
 
"Os apicultores do município de Monsenhor Tabosa, estão otimistas em relação à produção de mel de abelha para o ano de 2011", a declaração é do presidente da Associação dos Taboenses Apicultores (ATA), senhor Algaci Abreu. 
 
De acordo com Algaci os 52 apicultores já estão realizando as primeiras colheitas do ano. As chuvas que estão banhando todo o estado cearense estão contribuindo diretamente para uma boa safra.
 
Segundo Algaci a estimativa da produção para 2011 é de 50 toneladas de mel puro. Este volume representará um aumento de 25% em relação ao ano de 2009 quando a produção foi de 40 toneladas, e de 75% em relação ao ano de 2010 quando praticamente não choveu e a produção foi bruscamente comprometida, ficando apenas em 20 toneladas.
 
O presidente da ATA esclarece que em 2009 muitos apicultores ampliaram suas colmeias e mesmo com a queda na produção todos continuaram fazendo a manutenção de seus apiários sistematicamente e agora irão colher os frutos. Segundo ele durante o ano são realizadas entre 4 e 5 colheitas, que iniciam em março e podem se estender até setembro e outubro, dependendo da florada. Praticamente toda a produção é vendida para a CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento)e, atrvés desta, é  repassada às escolas do município, sendo utilizado como complemento da merenda escolar por cerca de 8.000 alunos.
 
Algaci explica que um dos maiores anseios dos apicultores taboenses é a construção da Casa do Mel, cuja documentação foi solicitada e já está sendo analisada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no valor de R$ 115.000,00 (cento e quinze mil reais), valor este que já está garantido, porém sem previsão de liberação.
 
Algaci é atualmente a maior referência da apicultura no município de Monsenhor Tabosa, além de estar à frente da associação dos apicultores e prestar assessoria direta aos apicultores do município e região.
 
Outra iniciativa que vem fazendo sucesso é o envasamento de mel em sachê. A medida garante maior agregação de valor e qualidade ao produto. Algaci ressalta que comprovadamente o mel em sachê se torna mais prático e facilita sua degustação por pessoas de diferentes faixas etárias.
 
O serviço de envasamento de mel em sachê é feito no Sítio Apiário, instalado na localidade de Olho d’Água à 7km da sede. Neste, a primeira colheita do ano, teve início no fim da tarde de sábado 19 de março.
 
O sucesso da apicultura no município se deve também a importantes parcerias como: Federação Cearense de Apicultura (FECAP), Prefeitura Municipal, SEBRAE, Banco do Nordeste e CONAB.
 
Contatos com a Associação dos Apicultores ou com o Sítio Apiário podem ser feitos diretamente pelos fones: (88) 3696.1791 ou 3696.2188 / 9903.2158
 
Por: Dorismar Rodrigues

2 comentários:

Paulo Soares disse...

Monsenhor Tabosa precisa de pessoas empreendedoras como o sr. ALGACI ABREU que pegou a idéia da apicultura e fez desta atividade uma atividade lucrativas para todos os apicultores do Município.
Quem sabe como uma pessoa desta na Política o Município não poderia se desenvolver muito melhor? as ações estão sendo mostradas e povo Taboense é quem deve decidir quem merece a oportunidade politicamente falando.
Saudações, PHSS

Anônimo disse...

sem dúvidas é uma bela iniciativa do sr. Algaci abreu, sem contar com a geração de emprego e renda familiar. só mesmo um empreendedor como ALGACI ABREU, a frente de uma gestão politica para dar outros rumos a este municipio que tem tudo para dar certo. sem mais.maria do socorro.