quarta-feira, 28 de setembro de 2011

MONSENHOR TABOSA TERÁ AGENTES DE LEITURA



Com mochila nas costas e força nas pedaladas, 280 agentes de leitura vão percorrer distritos de 40 municípios do Ceará para difundir o prazer da leitura. Com previsão para início em novembro, o projeto Agentes de Leitura, parceria entre as secretarias estaduais da Cultura e da Educação, foi apresentado ontem a gestores municipais no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza.

Cada agente vai acompanhar, durante um ano, 25 famílias de seu respectivo distrito. Por meio de contação de histórias, os agentes vão promover a leitura entre crianças e adultos. O projeto terá como foco famílias atendidas pelo Bolsa Família.


O projeto tem investimento total de R$ 1,4 milhão, do Fundo Estadual de Combate à Pobreza, e deve beneficiar 7 mil famílias no Estado. A maioria dos municípios contemplados apresenta baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH).

O secretário da Cultura do Estado, Francisco Pinheiro, cita que filhos de famílias cujos pais são analfabetos, ou com baixa escolaridade, têm mais dificuldades de aprendizado. “Queremos quebrar esse ciclo vicioso para que haja aquisição de novos conhecimentos”, aponta.

Para se candidatar a agente de leitura é preciso ter ensino médio completo e comprovar residência em um dos municípios beneficiados pelo projeto. O valor da bolsa de auxílio é de R$ 400.

Também serão escolhidos dez agentes articuladores para coordenar o trabalho dos agentes de leitura. Para esse cargo, é preciso ser formado ou concludente de cursos de Ciências Humanas ou Ciências Sociais e comprovar participação em atividades comunitárias. O valor da bolsa é de R$ 540.

Como
ENTENDA A NOTÍCIA
O projeto Agentes de Leitura é executado desde 2006 pelo Governo do Estado. Com recursos do Fundo de Combate à Pobreza (Fecop), os resultados do projeto serão avaliados por meio do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece) Alfa, do Governo do Estado.

SERVIÇO
Seleção de Agentes de Leitura

Quando: até 11 de outubro

Onde: inscrições pelo site da Secult: www.secult.ce.gov.br

Outras informações: (85) 3101 6794/ 3944

SAIBA MAIS 

Os municípios contemplados no projeto são: Potiretama, Jaguaretama, Beberibe, Dep. Irapuan Pinheiro, Mombaça, Boa Viagem, São Gonçalo do Amarante, Miraíma, Uruoca, Granja, Barroquinha, Chaval, Caucaia, Quiterianópolis, Parambu, Novo Oriente, Ararendá, Ipaporanga, Poranga, Ipueiras, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Graça, Coreaú, Moraújo, Senador Sá, Croatá, Salitre, Tarrafas, Araripe, Saboeiro, Potengi, Antonina do Norte, Santana do Cariri, Mauriti, Granjeiro, Altaneira, Porteiras, Assaré, Nova Olinda e Quixelô.

De acordo com a Secult, cerca de 27 mil livros vão compor o acervo dos agentes de leitura. Cada agente trabalhará com 91 livros.

Thiago Mendes
thiagomendes@opovo.com.br

Um comentário:

Anônimo disse...

gostei muito dessa iniciativa.Pois pode ajudar muitas pessoas assim como eu.
Queriane N Passos.Chaval-ce